ONU recebe inscrições de pessoas trans para projeto de vídeo em redes sociais

01/31/2018

Autor -

Até 9 de fevereiro, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) recebe inscrições para o projeto “Luz, Câmera, Zero Discriminação”, uma iniciativa voltada para pessoas trans que queiram conhecer técnicas de produção audiovisual. Os selecionados participarão de uma capacitação na cidade de São Paulo, onde trabalharão ao lado de uma equipe profissional. A meta é criar vídeos que abordem o estigma e a discriminação vividos pela população trans.

 

Com o projeto, o organismo da ONU espera usar o poder do audiovisual para mostrar a dignidade e o orgulho das pessoas trans através de vídeos que serão veiculados nas redes sociais, promovendo um debate sobre desafios e avanços na sociedade. A proposta é contribuir para a inclusão social, acesso ao mercado de trabalho e acesso à saúde, incluindo prevenção, testagem e tratamento do HIV.

 

A formação para os candidatos escolhidos acontece de fevereiro a março de 2018. Participantes aprenderão sobre roteirização e vão se envolver em todas as etapas de realização e produção dos filmes — concepção de storyboards, pré-produção, direção, fotografia, filmagem, edição e pós-produção.

 

O projeto “Luz, Câmara, Zero Discriminação” é financiado com recursos do Fundo para AIDS da gigante dos cosméticos MAC e é realizado no âmbito da iniciativa Fast-Track Cities (Aceleração da Resposta à AIDS nas Cidades, em português).

 

Leia a chamada pública completa clicando aqui.

Please reload

Featured Posts

A Cidade de São Paulo elimina transmissão do HIV de mãe para filho, diz ministério

November 16, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive